Redige habitualmente em latim, língua que não domina nem tão pouco conhece, artigos científicos que as revistas da especialidade teimam em não publicar. Para a TV7 DIAS e MARIA escreve artigos económicos. No tempo que lhe sobra escreve aqui.
15
Mar 11

 

 

Infelizmente já começam a faltar as pedras, dizia Abel Dias à Lusa esta manhã enquanto apedrejava mais uma família que seguia num carro ligeiro. Questionado sobre a violência dos seus actos justificou-se com a certeza que o ligeiro transportava na mala 3 paletes com mercadorias e que o miúdo que seguia no banco traseiro podia muito bem levar uma cisterna disfarçada nas calças para abastecer um posto de combustível.

 

É uma vergonha este país, pá! Gritava e esbracejava Abel para as câmaras de televisão, enquanto no meio da estrada derrubava mais um motociclista. A GNR em vez de fazer colunas de protecção aos nossos camiões, que levam os calhaus aos nossos camaradas grevistas que lutam por um país melhor nos viadutos das auto-estradas e nas rotundas, protege os camiões que ao serviço do grande capital abastecem as grandes superfícies na metrópole.

 

É uma injustiça para nós, continuava a gritar Abel Dias agora na posição sócio da Carglass de Guardeiras, que lutamos na rua por um combustível mais barato e pelo direito a esmifrar um pouco mais os nossos clientes e assim duplicar as nossas margens. Somos nós que levamos este país às costas... Veja o caso dos postos de trabalho que estamos a criar por estes dias para os técnicos de apedrejamento Palestinianos. Dessas virtudes ninguém fala.


mais sobre mim
Julho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO