Redige habitualmente em latim, língua que não domina nem tão pouco conhece, artigos científicos que as revistas da especialidade teimam em não publicar. Para a TV7 DIAS e MARIA escreve artigos económicos. No tempo que lhe sobra escreve aqui.
25
Set 09
jls, às 13:10link do post | comentar

Kim Christensen, guarda-redes do IFK Gotemburgo, é daqueles visionários que acha que o futebol deve evoluir. Tal como Rui Santos e sua incessante busca pela verdade desportiva, também Kim busca incessantemente a verdade, no caso a que lhe convém.
 
Farto de cumprir as regras estabelecidas pelos burocratas da FIFA, Kim decidiu criar as suas próprias. Dado ser guarda-redes e achar que a baliza é muito grande para si, nada como a encurtar um pouco. Um pontapé em cada um dos postes e a baliza encurtava uns bons 20 cms. Provavelmente sentia-se mais em casa, aconchegado e seguro.
 
Esta história faz-me lembrar o Gordo (dos meus tempos de miúdo em que jogávamos num campo de terra batida com dois calhaus a fazer de poste). O Gordo que ia sempre à baliza uma vez por outra fazia o mesmo. Na altura resolvíamos a coisa diplomaticamente. Íamos à tromba ao gordo.
 
Espero pois, que também diplomaticamente o seu clube, que pelos vistos sabia desta pratica, lhe encurte um pouco o salário e os senhores sempre sérios da Federação Sueca e da FIFA encurtem uns pontos ao clube, ou então que dêem uma lição de fairplay a todos, e um exemplo à miudagem, e partam o focinho ao Kim.

mais sobre mim
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
16
19

23
26

29


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO