Redige habitualmente em latim, língua que não domina nem tão pouco conhece, artigos científicos que as revistas da especialidade teimam em não publicar. Para a TV7 DIAS e MARIA escreve artigos económicos. No tempo que lhe sobra escreve aqui.
21
Abr 10
jls, às 16:46link do post | comentar | |

Quem no início da passada semana fizesse uma pesquisa no Google com as palavras “black smoke”, “island” e “plane” obteria como resposta mais de um milhão de páginas a remeter para a série LOST, hoje a mesma pesquisa dá Eyjafjallajokull.


19
Abr 10

 

Entrou hoje em actividade na fábrica da pólvora de Barcarena o primeiro workshop sobre Vulcanologia Avançada. O curso que pretende lançar uma nuvem de fumo sobre o assunto será ministrado, vamos lá saber porque, por técnicos da fabrica de esquentadores Vulcano.

 

Dividido em 2 partes distintas, as primeiras 11 lições do curso são subordinadas ao tema: Agora que já sei que o vulcão dos Açores se chama Capelinhos vou memorizar o da Islândia; Eyjafjallajokul, e a última lição será uma visita de estudo ao espaço aéreo circundante que neste momento se encontra encerrado ao tráfego, nomeadamente os aeroportos de Massamá e Mira Sintra.


A Vulcano, que identificou como target do workshop os passageiros retidos nos aeroportos que não rogaram uma praga à Islândia e que gostavam de saber um pouco mais sobre vulcões, está a oferecer uma escala de Ritcher às primeiras 600 inscrições apesar das 20 vagas já estarem preenchidas.


16
Abr 10

Levamos a natureza até si, não adianta fugir. Foi com este lema que a empresa organizadora de eventos, KAOS – Fazemos do tempo o que queremos, Lda., ganhou mais um prémio internacional. A organização dum mini-tornado no Tejo e duma mini-erupção num vulcão adormecido na Islândia também pesaram na decisão do júri que está neste momento retido na cidade Sueca de IKEA.

 

Profissionais do sector e também Antímio de Azevedo destacam a capacidade de trabalho, inovação e aproveitamento mediático das mini-catástrofes naturais como factores de sucesso que esta mini-empresa nascida nas novas oportunidades de Sócrates e hoje reconhecida mundialmente tem conseguido sem praticamente necessitar de corromper Armando Vara.

 

São Pedro, sócio maioritário, destaca também o espírito do grupo de trabalho e a caixa de sardinhas oferecida a Vara, também ele fruto das novas oportunidades de Sócrates, como factores diferenciadores da concorrência e ainda a sua capacidade de lidar com o tempo e outras cenas maradas. 2010 marca o projecto mais ambicioso da empresa; Acabar com o Verão. São Pedro, adepto da melancolia da chuva do vento e do frio, vai tentar estender a Agosto o encanto de Dezembro e comprar as acções da EPAL que a Sonangol detém, apesar de ainda não saber bem para quê.

 


mais sobre mim
Julho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO