Redige habitualmente em latim, língua que não domina nem tão pouco conhece, artigos científicos que as revistas da especialidade teimam em não publicar. Para a TV7 DIAS e MARIA escreve artigos económicos. No tempo que lhe sobra escreve aqui.
11
Mai 11
jls, às 18:29link do post | comentar | |

 

Depois de alguns imbróglios jurídicos, área em que se especializou a maioria dos juízes do Tribunal Administrativo do Círculo de Lisboa, nada como inovar e passar ao patamar seguinte, o do cego jurídico.


No processo “Apito Final”, o mesmo onde o Sr. Pinto da Costa negoceia nomeações e alicia árbitros, devidamente registadas via áudio mas que infelizmente não puderam ser aceites como prova pois foram feitas sem o prévio consentimento dos vigaristas envolvidos, perdão; vigaristas implicados, os iluminados juízes decidiram agora que parte da reunião do Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol, que indeferiu os recursos dessa agremiação falida que em tempos acudiu por Boavista assim como do implicado Costa, pura e simplesmente não existiu. Para efeitos legais a reunião terminou às 17.55H exortou um juiz de beca ao lado.


Mais uma vez e tal como em situações anteriores, infelizmente sobre isso ainda nenhum dos arguidos opinou, o tribunal em momento algum se debruçou sobre a matéria recorrida e provavelmente nunca o fará pois os hábeis advogados encontrarão sempre uma alínea esquecida de um qualquer código onde a justiça possa tropeçar.


Antes que os implicados se apressam a vir à praça publica clamar mais uma vez por inocência quiçá motivados por esse exemplo de hipocrisia maior chamado Candidato Sócrates, homem de muitas virtudes que brevemente levará o País ao sucesso, depois de outro, no caso um tal de primeiro-ministro Sócrates, nos ter levado à bancarrota que se lembrem que isto das moedas terem duas faces é uma chatice e que para haver uma mentira é necessário que falte uma verdade. Os americanos têm uma coisa que nos dava agora um jeitão. É rápida e eficaz. Chama-se Justiça e usam-na em tribunais. Serve para o comum dos mortais assim como para vigaristas como o Madoff, presidentes como o Clinton ou até para terroristas como o Bin Laden.


03
Mar 09
jls, às 17:00link do post | comentar | |

Pobre Carolina que levou hoje uma fruta à saida do Tribunal. Ficou azul de raiva.

 

 


mais sobre mim
Julho 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO