Redige habitualmente em latim, língua que não domina nem tão pouco conhece, artigos científicos que as revistas da especialidade teimam em não publicar. Para a TV7 DIAS e MARIA escreve artigos económicos. No tempo que lhe sobra escreve aqui.
19
Nov 09
jls, às 19:47link do post | comentar | |

A 6 de Outubro, o mundo inteiro sofreu um apagão de 2 minutos e 17 segundos. Todos viram o futuro.

 
Em Portugal esse apagão já durava há vários anos. Com o duplo apagão também alguns portugueses viram o futuro. É desse mosaico, do próximo dia 29 de Abril, que aqui damos conta. 
 
Cavaco Silva – Não viu nada. Desconfia que esteja morto politicamente. Vai criar um Tabu em Janeiro e criar a fundação “Mão Azul Portugal”.
 
José Sócrates – Depois da Cova Beira, do Freeport e da Face Oculta viu-se envolvido num novo caso. “O Pirata”. Um sms anónimo denunciou-o num download de musica ilegal.
 
Manuela Ferreira Leite – Não viu nada. Ainda está para perceber se estava a dormir na Assembleia da Republica ou se também está morta politicamente. Vai aderir à fundação “Mão Azul Portugal”
 
Paulo Portas – Viu o governo do PS a cair, mas não viu quem o empurrou.
 
Francisco Louçã – A sonhar viu-se feliz ao volante dum Porshe Cayene acompanhado de Belmiro de Azevedo, seu patrão. Acordou repentinamente do pesadelo mas ficou preocupado, começa a ser um sonho recorrente. 
 
Jerónimo de Sousa – Viu-se ao lado do querido líder Kim Jong-II no alto Alentejo de visita à primeira central nuclear da Coreia do Norte fora do país. Viu também em cima da mesa de cabeceira o resto dos comprimidos e a lata de redbull.
 
Teixeira dos Santos - Viu as palavras déficit e dois digitos conjugadas na mesma frase.
 
Mario Soares – Não gostou de se ver no novo anúncio da Multiopticas. Numa entrevista ao DN queixou-se da perseguição que fazem ao PS e às figuras socialistas. Queixou-se também que o Rei ou o Eusébio, não sebe bem qual, o persegue por lhe ter roubado o tacho na Multiopticas.
 
Marcelo Rebelo de Sousa – Viu-se a falar com Cristo e como não percebeu se foi Cristo que veio novamente à terra e ele já é Presidente do PSD ou se estavam ambos no Céu atribuiu a si própria uma nota negativa.
 
Pinto Monteiro – Viu-se aos comandos dum tractor agrícola em Almeida sua terra natal. Viu também que precisa de adubar e sachar o milho. Lembra-se de uma chamada que fez a Bagão Félix para saber se já deve adubar a Aveia ou esperar mais duas semanas.
 
Noronha de Nascimento – Foi à Stapples ver o novo destruidor de papel Fellowes C-420, com uma capacidade de destruição de 2,5 folhas/segundo e uma capacidade de corte de 30 folhas em simultâneo permite ainda destruir CDs ou outros elementos multimédia onde constem processos que envolvam o primeiro ministro. Comprou 4.
 
Armando Vara – Viu a serra de Sintra ao longe, dois guardas prisionais e Mario Godinho no pátio da cadeia.
 
Oliveira e Costa - Viu-se presidente de um novo banco do qual Armando Vara é vice. Apesar de ainda só ter 3 balcões, Linhó, Custoias e Vale de Judeus as expectativas são boas. A estratégia é abrir um balcão em cada Estabelecimento Prisional.
 
Luis Filipe Vieira – Viu o Benfica com mais 12 pontos que o segundo classificado e a duas semanas de ser campeão.
 
Pinto da Costa – A ver o exame de 8º Dan do Bruno Alves na associação de Karate Shotokai Portugal cruzou-se com André Villas Boas o novo treinador do Porto.
 
Jose Eduardo Bettencourt – Enquanto experimentava um novo shampô de óleo de abacate, mel, maçã, frutos silvestres e aloé vera, que fabrica na garagem segundo uma receita do avô, viu o Pedro Granger entrar-lhe pela casa de banho dentro e saltar-lhe para os braços enquanto gritava PAI, PAI.

mais sobre mim
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
14

15
16
18
20
21

22
24
25
27
28

29
30


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO