Redige habitualmente em latim, língua que não domina nem tão pouco conhece, artigos científicos que as revistas da especialidade teimam em não publicar. Para a TV7 DIAS e MARIA escreve artigos económicos. No tempo que lhe sobra escreve aqui.
08
Jun 11
jls, às 18:51link do post | comentar | |

O primeiro round das negociações preparatórias para o novo governo correu assim-assim segundo disse à TVI NOTICIAS e à SIC24 um assessor do PSD, responsável pela área de tirar cafés e trazer aguas e bolos, que pediu o anonimato por vergonha depois de desabafar que era no CDS que na véspera das eleições se deveria ter inscrito.


A pouca experiencia politica de Passos Coelho aliada à sua inabilidade negocial comprometeu um pouco as ambições do PSD que na melhor das hipóteses ficará com dois dos doze futuros ministérios.


A rapaziada do CDS, segundo este militante dissidente, veio com conversinhas mansas e uma caixa de pastéis de Belém e demos por ela e estávamos a discutir secretarias de estado pois os ministérios já eram todos do CDS. Foi aí que educadamente Passos Coelho deu um simbólico murro na mesa e de forma não agressiva exigiu ao Dr. Paulo Portas mais consideração pelo PSD e pelo menos um ministério. Paulo Portas que estava muito bem disposto acedeu e excedendo as pretensões de Passos Coelho ofereceu-lhe mais um ministério e uma fotografia de Ana Gomes em troca dos serviços de Duarte Lima.


07
Jun 11
jls, às 19:45link do post | comentar | |

A mulher que melhor ilustra a sábia afirmação de que "a vocação de um político de carreira é fazer de cada solução um problema", e que certamente foi uma das que no passado domingo à noite, quando Portugal recebia a melhor noticia dos últimos seis anos, gritava da plateia “Não! Não! Não!” interrompendo o comovido falsete de despedida de Sócrates ao dizer “meus amigos não tornem isto ainda mais difícil”, libertou hoje mais um pouco do veneno que lhe corre nas veias ao dissertar sobre Paulo Portas.

 

Felizmente para Portas que o paralelismo que a eurodeputada fez foi apenas a nível pessoal e com o socialista francês Dominique Strauss Kahn, seria bem pior e ofensivo se fosse a nível profissional e com um qualquer ministro socialista português.

 

Investigadores das novas oportunidades recolheram durante a entrevista amostras de saliva para análise. No ácido destas declarações, que vão ser enviadas aos seus congéneres engenheiros alemães, poderá estar agora a cura da bactéria e.coli.

 

 


mais sobre mim
Junho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO