Redige habitualmente em latim, língua que não domina nem tão pouco conhece, artigos científicos que as revistas da especialidade teimam em não publicar. Para a TV7 DIAS e MARIA escreve artigos económicos. No tempo que lhe sobra escreve aqui.
31
Ago 09
jls, às 23:38link do post | comentar | |

 

É com grande expectativa que se esperam as novas publicações da RAVE. Correm rumores que o próximo encarte será publicado na revista Playboy sob o lema “Vê-se muita coisa”. A pergunta será: “O que é que você sabe realmente sobre estes Aviões?”.  Desta propaganda alguém se queixaria?

Foi com uma lágrima no olho, provocada por um Cisco segundo a ala radical e pela Oracle na opinião da ala moderada, que Carolina Patrocínio anunciou o fim da recessão técnica. Com um discurso emocionante, ao nível dos melhores que Barack Obama fez no infantário enquanto criança, a mandatária da juventude do PS trouxe-nos a boa nova.

 

Uma fonte do PS, mais precisamente o homem da barraca das farturas,  chegou mesmo a dizer que não se emocionava tanto com um discurso desde que Manuel Pinho havia anunciado o fim da crise antes dela verdadeiramente começar.

 

Era inevitável que o anuncio de tão esperada noticia recaisse sobre uma figura carismática do PS. Apesar de não ser militante do PS e de só há um mês lhe terem explicado o que era isto da politica, Carolina achou logo imensa graça e terá mesmo confidenciado a um grupo restrito de 1685 amigos que um dia ainda chegará a Presidente da Camara da SIC.

 

Carolina, que tem como hobby torturar a empregada pedindo-lhe que tire os caroços às cerejas e as grainhas às uvas, informou ainda a imprenssa que prefere fazer batota a perder. Foram estas polémicas declarações, e ainda o facto de actualmente apresentar o programa da SIC TGV, que convençaram, segundo o que se ouve pelos corredores do Largo do Rato, Mario Lino a descartar a sua primeira escolha, o Pato Donaltim.

 

Mario Lino, terá mesmo dito a um desconhecido que por sua vez comentou com um ecoponto amarelo, o seguinte: “No PS precisamos de gente nova com sangue na guelra, forte personalidade e mentalidade vencedora. Se a isso juntarem, como é o caso, conhecimentos técnicos sobre o TGV e umas boas pernas tanto melhor.”


25
Ago 09

Segundo Bruno Alves, defesa do Futebol Clube do Porto (FCP), a entrada do motorista de Pinto de Costa sobre o jornalista José Carmo, apesar de dura, é legal. O raçudo defesa, que na companhia de Paulinho Santos ex-jogador do FCP espancava dois avançados do Leixões, afirmou ainda que o Jornalista devia levar cartão amarelo por simular uma falta inexistente.

 
Ao que parece houve um agente da autoridade, o Agente Lixado, que viu o ocorrido e que num acto de pura parvoíce mandou parar a viatura onde seguia Pinto da Costa.
 
Entretanto, o Guarda Abel, porta-voz da Policia de Segurança Publica (PSP) reuniu-se de emergência com as suas chefias na Torre das Antas. O comunicado que leu no fim da reunião não podia ser mais claro: “Não foi um sinal de paragem explícito do agente.”  
 
Também a SAD do FCP se sentiu na obrigação de explicar o pequeno “toque”, que todos os outros ousaram chamar “atropelamento”.

11
Ago 09
jls, às 13:59link do post | comentar | |

Estava aqui a escalar uns jaquinzinhos para o almoço quando ouvi esta notícia.

 

" ... alguns pais de crianças infectadas terem manifestado o objectivo expresso de infectar outras crianças”.
 
Tive pena do pobre vírus. O que sentirá um vírus quando esbarra em animais “anti-sociais” como os que descreve a noticia? Ou sofre uma mutação ou dá em maluco.
 
Bem, vou mas é fazer um arroz de Tamiflu para acompanhar os jaquinzinhos.

07
Ago 09
jls, às 00:30link do post | comentar | |

Temos uma Autoridade [da Concorrência] que é muito anódina, é, digamos, pífia, não intervém no mercado. (...) O presidente até pode fazer um bom trabalho noutros sectores do mercado, mas nos combustíveis pura e simplesmente não existe”, disse António Costa e Silva.
 
Ao que Manuel Sebastião responde: o organismo a que presido não só não está parado como “tem trabalhado como nenhuma outra autoridade de concorrência em toda a União Europeia e em toda a OCDE tem trabalhado neste sector”.
 
Conclusão:
 
Ainda bem que Manuel Sebastião, presidente da Autoridade da concorrência, é dos que mais trabalha. Não fosse esse o caso e ainda nos arriscávamos a ter dos preços de combustíveis mais caros da Europa :+). Quanto ao facto de os mesmos serem idênticos em todas as gasolineiras é uma prova de como o mercado funciona. É concertação. (há concertações que não funcionam, veja-se a sindical).
 
É provável, na minha opinião, que parte dos recursos da Autoridade da Concorrência estejam a ser utilizados para estudar a problemática atribuição de pontos e posterior troca por ofertas dos cartões de fidelidade das gasolineiras. É um escândalo que uma lanterna na GALP valha 1500 pontos e na BP 500 pontos. Aqui sim há ainda muito trabalho a fazer.
 

Quanto a António Costa e Silva lá por ser o maior especialista de combustíveis do país também não tem o direito de agredir verbalmente o compadre de Manuel Pinho, o das touradas no parlamento, com termos como anódina e pífia.


mais sobre mim
Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
26
27
28
29

30


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO