Redige habitualmente em latim, língua que não domina nem tão pouco conhece, artigos científicos que as revistas da especialidade teimam em não publicar. Para a TV7 DIAS e MARIA escreve artigos económicos. No tempo que lhe sobra escreve aqui.
21
Set 09
jls, às 13:02link do post | comentar | |
Como tantos outros portugueses e após intensas negociações lá consegui com uma simpática taxa de juro de 62,80 % contratada na CETELEM comprar através de 96 suaves prestações de 20,00 euros 3 conjuntos do ultramoderno equipamento de escuta GSM SPY BUG BMW, à venda na Internet por 15 Euros. Convicto de que tinha feito o negócio da minha vida logo os mandei instalar nos sítios devidos. A Transcrição que se segue é resultado dum intenso fim-de-semana de trabalho.
 
 
Cavaco (C) – Lima, sente-se e sirva-se duma fatia de bolo-rei. Sabe porque o mandei chamar?
 
Lima (L) – Calculo Senhor Presidente.
 
(C) – Vi ontem a sua fotografia numa capa negra do DN e cheguei a pensar que tinha morrido.
 
(L) – Ainda que não fisicamente, de forma figurada estou mais que morto.
 
(C) – Mas que raio de trapalhada arranjou você?
 
(L) – Foi um mal entendido padrinho. Ao seguir as suas instruções, que pelos vistos percebi mal, perdi um dossier.
 
(C) – Dei-lhe dois euros para ir comprar o Publico e disse-lhe para com a demasia beber um café. Até lhe sugeri aquele discreto da Avenida de Roma. Pedi-lhe quando regressasse para me trazer o dossier do Corpo Nacional de Escutas que queria colar as mais recentes fotos do meu neto, qual a parte que não percebeu?
 
(L) – Pensei que falava em código por causa das escutas do SIS, e levei o outro dossier, o da escutas. Esqueci-me lá dele e pelos vistos um jornalista do Publico encontrou-o.
 
(C) – Lima, Lima. As escutas do SIS eram só para utilizar na minha próxima campanha presidencial, não nesta. E agora o que há aí de noticias bombásticas para usarmos como manobra de diversão?
 
(L) – Vou por ao lume uma coligação entre o PS e o BE.
 
(C) – Boa Lima, faça isso. Já agora mande cá vir novamente os militares para matarem as baratas e procurar novas escutas. Como gosto de si apenas o vou matar depois de jantar.
 
Entretanto em S. Bento.
 
Jose Sócrates (JS) – Marcelino, que grande trapalhada que você me arranjou, pá! Tire lá essa barba ridícula do disfarce. Já me arrependi do elogio que lhe fiz.
 
João Marcelino (JM): A barba é mesmo minha não é um disfarce.
 
(JS): – Você engana-me sempre pá. E essas plumas que traz na cabeça?
 
(JM): São duma fonte com quem passei a noite, ia mandar lava-las. Mas fique descansado que jamais a revelarei, fontes só revelo alheias.
 
(JS) – Isso parece-me acertado. Nunca se esqueça que fazemos isto por uma causa maior. Lembre-se disso Marcelino.
 
(JM) – Com certeza chefe, ainda não me disse é qual é.
 
(JS) – Conto-lhe depois, agora arranje umas notícias da nossa futura coligação com os Radicais. Quando sair leve uns vales de desconto para o freeport.
 
Ao mesmo tempo na sede do SIS na Av. Gago Coutinho que é ali como quem vai do Areeiro para ao Aeroporto.
 
Na sala do Call Center faz-se a formação em jeito de parada.
 
Chefe dos Espiões (CdE): Atenção pelotão, descansaaaaaaaar! Vamos à ordem de serviços.
 
Espião 1, ficas com Belém;
Espião 2, hoje escutas S. Bento;
Espião 3, ouvidos afinados no Jornal Publico;
Espião 4, continuas com os pastéis de Belém, não desisto
enquanto não souber a maldita receita;
Espião 5, ou devo trata-lo por Sr. Rui Paulo da Silva Figueiredo,
seu totó, então apanharam-lhe outra vez a identidade? 
Como castigo fica com o blog 31 da armada.
 
Espião 5, (RPSF): A minha identidade infelizmente era a verdadeira. O 31 da Armada?, mas lá só teclam, ninguém fala.
 
(CdE): Escute a convicção com que teclam, e faça uma matriz com esses dados. Alguém me consegue explicar por que raio usam as identidades verdadeiras?
 
Espião 3: É por causa dos cartões de pontos, milhas e descontos. Se não for no nosso verdadeiro nome não acumula. Fazemos todos o mesmo.
 
CdE: Estou rodeado de idiotas. Ainda bem que a nova coligação PS/BE vai acabar com os PPR`s e com os Cartões de Cliente.

Só para dizer que é um magnífico texto.
Luís Caetano a 21 de Setembro de 2009 às 17:20

A brincar a brincar....
Maria a 22 de Setembro de 2009 às 13:45

já percebi que tu tens boas fontes. as outras parecem-me mais caneiros
rui david a 25 de Setembro de 2009 às 19:26

As minhas fontes são as mesmas dos outros. A imaginação e nada mais.
jls a 26 de Setembro de 2009 às 16:03

muito bom mesmo lol
João a 26 de Setembro de 2009 às 13:07

"As minhas fontes são as mesmas dos outros. A imaginação e nada mais. "
Acho que isto resume muito bem (quase) todo este caso.
rui david a 26 de Setembro de 2009 às 16:59

mais sobre mim
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
16
19

23
26

29


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO