Redige habitualmente em latim, língua que não domina nem tão pouco conhece, artigos científicos que as revistas da especialidade teimam em não publicar. Para a TV7 DIAS e MARIA escreve artigos económicos. No tempo que lhe sobra escreve aqui.
15
Set 09
jls, às 16:41link do post | comentar | |

 

As perguntas que ficaram por fazer

                                                      e as possíveis respostas que ficaram por dar ...

 
RAP: Sabemos que domingo à tarde aprecia ir às compras com os ministros e um ou outro secretário de estado ao Freeport. Porque razão o mandou construir em Alcochete, tão longe, e não em Monsanto às portas de Lisboa?
 
PM: A minha ideia foi mandá-lo construir o mais longe possível para que não pudessem de modo algum ligar essa obra às minhas obras. Infelizmente problemas familiares resultaram na trapalhada que todos conhecem. Sabe que os meus primos também são vossos fãs?
 
RAP:  No último debate com Manuela Ferreira Leite despediu todos os ministros. Não acha que deveria ter feito o mesmo com os secretários de estado?
 
PM: Sabe Ricardo, a sua pergunta é muito pertinente. Era a minha vontade, mas infelizmente e dado o período eleitoral que vivemos não me posso dar ao luxo de desperdiçar esses 675 votos. Já os ministros são só 15.
 
RAP: Tivemos oportunidade de ver na peça inicial que fala um espanhol, que não sendo técnico, está ao nível dum jogador de futebol recém-chegado a Espanha. Quando falou com a PRISA sobre o Jornal Nacional da Manuela Moura Guedes, em espanhol, poderá ter acontecido que o tenham interpretado mal?
 
PM: Você é um maroto. Vou ter de lhe responder num tom mais sério. O governo sempre privilegiou as boas relações com “neustros hermanos”. Por cada favor que me comprometi a fazer aos Espanhóis eles retribuíam com outro favor. Soube agora que nessa contabilidade tenho todos os meus créditos esgotados. Só ainda não sei se foi pela PRISA ou pelo TGV.
 
RAP: Vamos imaginar um cenário muito pouco provável. O PS em minoria ganha as eleições. Preferia formar governo com o Bloco de Esquerda, dando a pasta das Finanças a Francisco Louçã, ou que o Futebol Clube Porto fosse novamente campeão?
 
PM: O Louçã nas finanças, sem dúvida.
 
RAP: Como sabe estou a fechar a marquise do meu T0 em Ranholas. Estou muito indeciso entre caixilharias em PVC com perfil extrudido em sistema de câmara múltipla ou Alumínio anodizado o que me aconselha?
 
PM: Como primeiro-ministro dir-lhe-ia que não me devo imiscuir em questões autárquicas. Aconselhava-o a falar com o presidente da junta de freguesia de Ranholas. Já como engenheiro não faço a mínima ideia do que está a falar.
 
 RAP: Manuel Pinho é seu amigo de longa data. Depois daquela lamentável cena na Arena de S. Bento, perdão na Assembleia da Republica, o que sentiu quando teve o despediu?
 
PM: Quem é Manuel Pinho?
 
RAP: No próximo dia 27 em quem vai votar?
 
PM: Vou ver com atenção toda a campanha eleitoral e logo me decidirei.

 

O resto está aqui...


mais sobre mim
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
16
19

23
26

29


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO